O virgem extra mais natural. Tem cor amarela esverdeada; o seu odor faz lembrar um fruto fresco com toques de maçã, figueira e erva recém cortada; o seu sabor é equilibrado e fresco, com ligeiros apontamentos amargos e picantes. 

Obtém-se da melhor seleção de azeitonas provenientes da cultura ecológica, da ausência total de produtos químicos dentro do Parque Natural das Sierras de Segura, Cazorla y las Villas.

As excecionais condições geográficas desta zona, as variedades Picual de montanha e Cornicabra e o seu cuidadoso processo de elaboração artesanal sempre no frio, convertem-no num dos melhores azeites virgem extra do mercado nacional. O seu aroma fresco e o seu sabor frutado fazem-no especialmente recomendável para o seu uso em cru, em saladas, torradas, molhos e para aromatizar carnes e peixes. 

premios

Reconhecimentos Azeite Extra Virgem Ecológico

  • Prémio "Medalla de Plata" em Los Ángeles International Extra Virgin Olive Oil Competition 2013.
  • Selecionado no guia FLOS OLEI 2013 melhores azeites extra virgens do mundo.
  • Prémio “Prestigio Oro” premios Olivinus 2011 y 2012 celebrados em Mendoza (Argentina).
  • Recomendação outorgada em BIOFACH 2012, Nuremberg, Alemania.
  • Selecionado no guia FLOS OLEI 2012 melhores azeites extra virgens do mundo.
  • Selecionado, em 2011, pela revista alemã Der Feinschmecker entre os 250 melhores azeites.
  • Prémio “Prestigio Oro” nos prémios TerraOlivo 2011.
  • Prémio “Mejores Aceites de Jaén 2011” nos prémios Jaén Seleção outorgados pela Diputación de Jaén.
  • Segundo prémio ECOLIVA 2000.
  • Finalista nos prémios BIOL (Bari, Italia) en 2000, 2001, 2002, 2005, 2006 y 2010. "MigliorSelezioneBiolSpagna” o azeite ORO DE GÉNAVE en 2001, como “Olio di qualità Biol.” en 2002, 2005 y 2010 y con el “2º Prémio Biol España” em 2006.
  • Reconhecimento na revista Restauradores.
  • Reconhecimento de JudyRidway, prestigiada publicação especializada britânica, que os cita como uns dos melhores azeites do mundo no seu livro Best olive oilbuys round the world, editado em 2003.